No segundo Semestre de 2021, o Seminário Psicanálise e Criminologia abordará, a partir da teoria psicanalítica, Casos de Mulheres que Cometeram Crimes.

Conceitos como culpa, culpabilidade, inconsciente, recalque, gozo, assim como, as estruturas clínicas em psicanálise - neurose, psicose e perversão - serão trabalhados para discutirmos os casos.

1º Encontro - 19/08/2021

• Aula inaugural com a psicanalista Teresa da Costa

Elize Matsunaga: questões de sujeito em psicanálise

2º Encontro - 02/09/2021

• Elize Matsunaga (29/11/1981), matou o marido em contexto familiar que envolvia brigas, traição, armas de fogo.  Confessou o assassinato, foi condenada e cumpre  pena na Penitenciária de Tremembé.

3º Encontro - 16/09/2021

Nannie Doss, a Vovó Sorriso(1905-1965), foi uma assassina em série norte-americana que matou maridos, a mãe, a irmã, o neto e a nora entre os anos de 1927 e 1954. Foi chamada de "Viúva Negra", "Lady Barba Azul", "Assassina dos corações solitários".

4º Encontro - 30/09/2021

Nannie Doss, a Vovó Sorriso(1905-1965), foi uma assassina em série norte-americana que matou maridos, a mãe, a irmã, o neto e a nora entre os anos de 1927 e 1954. Foi chamada de "Viúva Negra", "Lady Barba Azul", "Assassina dos corações solitários".

5º Encontro - 14/10/2021

Aileen Wuornos, (29/02/1956 - 09/10/2002), assassina em série dos Estados Unidos, foi condenada à morte por sete assassinatos entre 1989 e 1990. Wuornos era prostituta e afirmou que agiu em legítima defesa ao se proteger quando os clientes tentaram estuprá-la.

6º Encontro - 28/10/2021

Aileen Wuornos, (29/02/1956 - 09/10/2002), assassina em série dos Estados Unidos, foi condenada à morte por sete assassinatos entre 1989 e 1990. Wuornos era prostituta e afirmou que agiu em legítima defesa ao se proteger quando os clientes tentaram estuprá-la.

7º Encontro - 11/11/2021

Neyde Maria Maia Lopes (02/03/1937) sequestrou e matou uma menina de 4 anos. O crime aconteceu em 30 de junho de 1960, no Rio de Janeiro. Neyde ficou conhecida como “Fera da Penha”.

8º Encontro - 25/11/2021

Neyde Maria Maia Lopes (02/03/1937) sequestrou e matou uma menina de 4 anos. O crime aconteceu em 30 de junho de 1960, no Rio de Janeiro. Neyde ficou conhecida como “Fera da Penha”.